CEFET-MG

Unidade Contagem

campus_contagem

A implantação da Unidade Contagem, do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), constituiu uma das ações previstas na fase II do Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC).

A Cidade de Contagem se localiza na Região Metropolitana de Belo Horizonte, sendo privilegiada pela proximidade a um grande polo siderúrgico e a uma refinaria de petróleo. Seu mercado de trabalho vem se ampliando e exigindo uma melhor qualificação da mão de obra existente, nos setores industriais e de serviços. Como consequência desta realidade, existe uma expressiva demanda por formação especializada, o que motivou e justificou a implantação de uma nova Unidade do CEFET-MG para atender ao grande contingente de candidatos ao ensino técnico de nível médio e ao ensino superior que procuram por vagas na rede de ensino e anseiam por uma formação profissional. Neste contexto, o funcionamento da Unidade Contagem foi autorizado pelo MEC em 2011, quando ocorreu o 1º processo seletivo para os cursos técnicos de nível médio. Os cursos ofertados são: Informática, Eletroeletrônica e Controle Ambiental, com entrada inicial de 40 alunos por turma. Em 2012 foram matriculados nessa Unidade 120 alunos, que iniciaram suas atividades acadêmicas ainda no primeiro semestre de 2012.

Atualmente, essa Instituição está provisoriamente sediada na Avenida Doutor Antônio Chagas Diniz, 655, bairro Cidade Industrial, na Praça da Cemig, em um prédio cedido pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – FIEMG. No entanto, o CEFET-MG já recebeu da Prefeitura de Contagem a doação de um terreno de 78.437,50 metros quadrados, no bairro Cabral, localizado na região do Ressaca/Nacional, cujas obras de implantação dos prédios definitivos já estão em andamento. Este novo prédio terá capacidade para receber cerca de mil e duzentos alunos quando estiver em pleno funcionamento. A previsão é que abrigue, em sua primeira fase, três cursos técnicos e dois superiores, contando com mais de 85 professores efetivos e 45 servidores técnico-administrativos.